quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

E aí vem 2011...

Click to play this Smilebox greeting
Create your own greeting - Powered by Smilebox
This greeting created with Smilebox

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Salada de grão-de-bico

Foto: Brie com Goiabada

Estou muito feliz com esta contagem para o ano de 2011. Aquele que está para chegar será muito bem recebido e com ele virão também mil novas maneiras de se ver as situações. Que sejam elas boas ou ruins... apenas venham e vamos tentar resolver. Sendo muito ruins, faça o seguinte: enfrente apenas um leão por dia e assim, em um curto prazo, você verá que o horizonte ficou mais azul e o seu pensamento mais leve! E que venha 2011....

Bem, tem gente que curte lentilha, feijão fradinho... eu adoro grão-de-bico. E ele não deixa a desejar em forma de salada.

Este grãozinho é fonte muito grande de ferro. E olha só uma dica: se a criançada não se acostumou ainda ao gosto dele, cozinhe-o junto com os legumes da sopa, um punhadinho só. Depois é só bater no liquidificador que ninguém vai achar grão-de-bico em lugar algum. E é claro, você já garantiu uma bela fonte de ferro.

Lá vai a saladinha que eu fiz, mas você pode acrescentar qualquer outro tipo de legume à sua escolha.


Ingredientes

1 xícara de grão-de-bico
meia cebola em rodelas
1 dente de alho amassado
1 xícara de brócolis cozido e picado
6 tomates secos picados
um punhado de uvas passas
sal, pimenta e azeite

Modo de fazer

O mais trabalhoso é cozinhar o grão-de-bico. Se você deixar de molho na água da noite para o dia, facilita o trabalho e ele cozinha mais rápido. Depois do molho, cozinhe na panela de pressão com um pouquinho de sal por uns 20 minutos.

Abra a panela e verifique se ele já cozinhou. Se ainda estiver muito duro, deixe mais um pouco. Apenas tenha cuidado para que não cozinhe demais e vire uma sopa.
Despreze a água e reserve.

Em uma panela, regue com um pouco de azeite e frite o alho e a cebola ligeiramente. Acrescente os demais ingredientes, inclusive o grão-de-bico e dê uma leve refogada. É só mesmo para que a cebola não fique com gosto de crua. Acerte o sal


Receita: Brie com Goiabada

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal!!!

Google imagens

Que a sementinha de amor trazida pelo menino Jesus possa brotar uma árvore frondosa e centenária em nossos corações!!!

Um Natal de luz e paz para todos... Fabiola

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Espera Marido

Foto: Brie com Goiabada

Estes bolinhos docinhos e fofinhos envoltos em floquinhos de côco você pode fazer para esperar o marido chegar do trabalho... mas um marido rápido, porque nem demora tanto assim para que eles fiquem prontos!
Esta receita veio da casa da sogra e por lá continua sempre presente especialmente em comemorações quando reúne-se a família.

A receita inteira rende bastante dependendo do tamanho que você quer. Por este motivo, aqui vão os ingredientes de meia receita que rende próximo de 40 unidades, mas tenho certeza que vão pedir mais!

Ingredientes

para a massa

100 ml de leite
100 ml de óleo
2 ovos
2 colheres de sopa de açúcar
15g de fermento fresco
500g de farinha de trigo

para a calda

2 copos (tipo americano) de açúcar
1 copo (tipo americano) de água

100g de côco ralado


Modo de fazer

Em um recipiente, dissolva o fermento no açúcar e acrescente o leite, o óleo, os ovos e misture. Coloque a farinha aos poucos até a massa desgrudar das mãos. Se preferir, trabalhe agora na bancada para sovar um pouquinho a massa.

Coloque a massa novamente em um recipiente e deixe crescer. Coloque uma bolinha de massa em um copo com água. Quando a bolinha subir, a massa já está no ponto de enrolar.

Faça nozinhos de massa e deixe crescer novamente por uns 30 minutos.

Foto: Brie com Goiabada

Antes de fritar os bolinhos, prepare a calda.

Em uma panela, dissolva o açúcar na água e deixe ferver. Não é necessário ferver demais, apenas uns dois minutinhos, para que a calda fique em um ponto espelhado. Desligue do fogo e comece a fritar os bolinhos.

Foto: Brie com Goiabada

Frite e escorra-os em papel absorvente. Logo em seguida mergulhe-os na calda e retire.

Passe-os para um outro recipiente e jogue um pouco do côco por cima.

Faça este processo aos poucos pois você não deve deixar muito tempo os bolinhos sem passar pela calda. Desta forma eles não ficarão molhadinhos.

Foto: Brie com Goiabada

Receita da Gabriela

sábado, 18 de dezembro de 2010

Advento de Natal - Quarto Domingo

foto de: http://tudoparaminhacasa.blogspot.com

"A fé não é meramente a busca de qualquer experiência religiosa, no meio das trevas. É a certeza e segurança. É fonte de amor."
Paulo VI


"A fé é uma escalada de uma montanha, que ao homem comum se afigura sem sentido, mas àquele que se mantém na aventura aparece como o único caminho que ele não gostaria de trocar por nenhuma comodidade."
Joseph Ratzinger (Bento XVI)


"Nossas obras ensinam mais que nossas palavras."
Sabedoria árabe


Por pequeninos motivos não pude fazer este post no dia certinho. Mas a intenção de celebrar o Natal é que vale a pena.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Click to play this Smilebox recipe
Create your own recipe - Powered by Smilebox
Digital recipe page created with Smilebox

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O Homem e a Mulher

Hoje a minha receita é um pouquinho diferente... belas palavras falam por si... é tempo de amar. Assim, ofereço a todos duas coisas feitas pelas mãos do homem e que admiro muito: uma pintura e uma poesia. Falam de amor, apreço e respeito. Inspire-se!

O Beijo, de Gustav Klimt

O Homem e a Mulher

Victor Hugo


O homem é a mais elevada das criaturas.

A mulher é o mais sublime dos ideais.


Deus fez para o homem um trono.

Para a mulher, um altar.

O trono exalta.

O altar santifica.


O homem é o cérebro; a mulher é o coração.

O cérebro fabrica a luz; o coração produz Amor.

A Luz fecunda.

O Amor ressuscita.


O homem é forte pela razão.

A mulher é invencível pelas lágrimas.

A razão convence.

As lágrimas comovem.


O homem é capaz de todos os heroísmos.

A mulher, de todos os martírios.

O heroísmo enobrece.

O martírio sublima.


O homem tem a supremacia.

A mulher, a preferência.

A supremacia significa a força.

A preferência representa o direito.


O homem é um gênio; a mulher, um anjo.

O gênio é imensurável; o anjo, indefinível.

Contempla-se o infinito.

Admira-se o inefável.


A aspiração do homem é a suprema glória.

A aspiração da mulher é a virtude extrema.

A glória faz tudo grande.

A virtude faz tudo divino.


O homem é um código.

A mulher, um evangelho.

O código corrige.

O evangelho aperfeiçoa.


O homem pensa.

A mulher sonha.

Pensar é ter cérebro.

Sonhar é ter na fronte uma auréola.


O homem é um oceano.

A mulher um lago.

O oceano tem a pérola que adorna.

O lago, a poesia que deslumbra.


O homem é a águia que voa.

A mulher é o rouxinol que canta.

Voar é dominar o espaço.

Cantar é conquistar a alma.


O homem é um templo.

A mulher é o sacrário.

Ante o templo nos descobrimos.

Ante o sacrário nos ajoelhamos.


Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.

E a mulher onde começa o céu.


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Charutos de repolho

Foto: Brie com Goiabada

Bem, esta é a versão mais simples dos charutos de folha de uva. É um prato que eu saboreio desde a infância, minha mãe costumava fazer e é algo que eu sempre adorei. É um prato que não precisa de acompanhamento... já tem tudo dentro, ora! Dá um pouquinho de trabalho, mas compensa...

Ingredientes

folhas de repolho branco (acho que se chama de repolho verde também), para esta receita um repolho pequeno já basta
500g de carne moída de sua preferência
1 xícara de arroz crú lavado e escorrido
1 dente de alho
2 cebolas
3 tomates
salsinha a gosto
hortelã a gosto (coloco um bom punhado)
sal e pimenta a gosto
azeite a gosto

Modo de fazer

Recheio: misture bem a carne moída, o arroz, 1 cebola picada, 2 tomates picados, o hortelã, a salsinha, o sal e regue com um pouco de azeite. Reserve.

Repolho: tire as folhas do repolho e em uma panela ferve-as na água por um minutinho, o suficiente para amolecerem um pouco. Despreze aquela parte central mais dura da folha.

Foto: Brie com Goiabada

Coloque um pouco do recheio e enrole, não há necessidade de dobrar as laterais.

Foto: Brie com Goiabada

Montagem na panela: forre o fundo da panela com algumas folhas de repolho para que os charutinhos não queimem quando estiverem cozinhando.

Foto: Brie com Goiabada

Arrume os charutinhos na panela.
Agora, em uma panela à parte faça um refogado com um fiozinho de óleo, o alho, 1 cebola picada e um tomate picado. Coloque por cima dos charutinhos.

Foto: Brie com Goiabada

Despeje também nos charutinhos um copo e meio de água para cozinhar. Coloque por cima um prato pequeno para que todos os charutinho recebam a água do cozimento.

Foto: Brie com Goiabada

Tampe a panela e comece a cozinhar no fogo alto e depois de ferver abaixe.
Cozinhe por mais ou menos 20 minutos sempre observando se a água não vai secar. Se necessário, acrescente mais um pouco.
Depois deste tempo, prove e verifique se o arroz já está cozido e se precisa corrigir o sal.
Bon appétit!!!

Com esta quantidade de ingredientes do recheio consegui fazer por volta de 25 charutos.

Foto: Brie com Goiabada

Receita: direto da cozinha da mamãe.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Advento do Natal -Terceiro Domingo

Google imagens

"O caminho que levará à felicidade, não começa nas pessoas e nas coisas para chegar até você, mas começa sempre em você para chegar aos outros." Mensagens de otimismo


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Bolinho de batata rosa com bacalhau

Foto: Brie com Goiabada


Receitinha vinda das mãos da tia é tudo de bom! Porque é claro, já vem com todo carinho junto, o pacote completo!
Entretanto, este bolinho nasceu para receber recheio e eu nesta receita incorporei o bacalhau na massa.
A escolha por esta batata que tem a casca rosada foi feita porque ela faz a massa ficar mais encorpada, a batata inglesa deixa a massa mais mole e mais difícil de modelar.

Ingredientes

500g de batata rosa
1 ovo
1 colher de sopa de manteiga ou margarina
3 colheres de sopa de amido de milho
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1/2 xícara de salsinha
sal e pimenta a gosto (Cuidado com a quantia de sal, se o bacalhau já estiver com sal suficiente não acrescente mais nada.)
1 1/2 xícara de bacalhau dessalgado, ferventado e desfiado

Modo de fazer

Cozinhe a batata, mas não demais... al dente. Esprema e deixe esfriar um pouco.

Basta agora apenas agregar os demais ingredientes e misturar bem com a ajuda de um garfo.

Foto: Brie com Goiabada

Esta receita, como disse, preferi misturar o bacalhau na massa, mas poderia colocar-se como recheio. No caso, eu prepararia o bacalhau um pouco mais colocando cebolas e tomates.

Se for necessário, se a massa estiver ainda mole por causa do acréscimo do bacalhau, coloque um pouco mais de amido de milho. Tudo misturado, unte as mãos com um pouco de óleo e modele os bolinhos. Como às vezes as coisa não são perfeitas e você não conseguir enrolar os bolinhos na mão, faça-os às colheradas e frite-os direto no óleo.

Foto: Brie com Goiabada

Outra vantagem deste bolinho é que não é necessário passar no ovo e na farinha.

Uma dica: não recheie com queijo, pois ele acaba derretendo e saindo do bolinho durante a fritura. Use recheios mais consistentes.


Receita: culinária da TV, infelizmente não tenho o nome do culinarista.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Advento do Natal - Segundo Domingo

Imagem da web

" O reino dos céus não aparece com majestade, mas com simplicidade, com humildade, como uma sementinha que é lançada à terra." C. Roberto